de volta à nave mãe: home
Home Home by Ivana Ebel Facebook Twitter E-Mail

menu

Estudar fora Sobre a Alemanha Viagens & turismo
Nonsense Receitas Jornalismo

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Natal na Alemanha: seis coisas absolutamente inúteis que você pode comprar pelo correio


Eu adoro o Natal e já escrevi bastante sobre ele aqui no Blog. Já dei receitas de todas as bebidinhas deliciosas dessa época, falei dos mercados aqui na Alemanha que são um encanto, ensinei a fazer Flammkuchen, uma comida bem típica das barraquinhas nos dias gelados. Também entreguei o segredo de como fazer em casa as amêndoas carameladas e meu biscoito favorito, o Vanillekipferl!

Mas hoje eu quero falar de outra coisa. Acabei de receber em casa um catálogo de produtos de uma empresa chamada Pearl. Uma pérola, sem dúvida! Em alguma das centenas de vezes que comprei coisas pelo E-bay devo ter comprado dessa loja e tcham: sou agraciada todos os meses com um livro que parece um festival dos horrores. Só me sinto menos culpada porque o papel vai para a reciclagem.

Enfim... Chegou o tal catálogo com um especial de Natal e fazia tempo que não via nada tão engraçado. É tão bom que resolvi compartilhar as seis coisas mais bizarras que você não precisa para o Natal.

Uma bola de Natal cantante – Claro, você decora sua árvore e entre todos os penduricos e afins, coloca uma bola de plástico com uma cara desenhada nela, dotada de um sensor de movimento que desata a cantar cada vez que alguém se mexe na sala. Mais divertido do que isso só mesmo colocar um daqueles apitos de entrada de loja do interior na estrela – blinnnnnnnnnnnnnnnblonnnng – e ter certeza que ele anuncia cada vez que alguém levanta do sofá.

Uma bola de Natal USB – Nem todo mundo gosta do delicioso som de um speaker rouco pela casa (tin tin tin, tin tin tin, tin tin tin tin tinnnnnnnn) e para essas pessoas que não vão comprar a bola que canta, a novidade do ano é uma bola de Natal com um display digital de 3,8 centímetros para exibir as fotos da família na árvore. Que lindo! Até 70 fotos ficam em destaque nos menos de 4 centímetros cercados por dois metros de árvores, bolas, laços e luzinhas por todos os lados. Se minha mãe tivesse uma assim nunca mais ia sentir minha falta no Natal!

Uma vela a bateria – Até não me parece tão mal uma vela com um LED para um reino de desastrados. Mas essa vai além: ela tem um movimento realista da chama, conforme o catálogo. Tudo o que eu pude imaginar é, naquele minuto de silêncio que sempre ocorre nas conversas, em vez do crepitar do fogo se escuta o motorzinho da vela fazendo nhóim, nhóim, nhóim... Ainda bem que desliga com o controle remoto.

Um pinheirinho que canta e dança – Um não, dois! Dois lindos modelos de pinheirinho que cantam e dançam suas canções natalinas favoritas. Estou tão emocionada que nem posso falar mais sobre isso...

Um boneco de neve inflável – Mas não só isso. Um boneco quase humano: além do brilho próprio – fornecido por duas lâmpadas em seu interior, a criatura de 1,80 treme de frio! Oh! Imagina que lindo, em vez de nhóim, nhóim, nhóim ter um objeto vibrador de quase dois metros no quintal...

Uma toca que canta e dança – Claro, porque não?!?!? Obviamente você precisa primeiro comprar essa roupinha ma-ra-vi-lho-sa de mamãe Noel e pagar o mico do ano saindo do banheiro vestida assim para surpreender sua cara-metade com três primos e dois tios ainda meio bêbados na sala! Por que claro, vestir-se com a temática de Natal é o que há de mais sexy. Mas para fechar a noite de amor, não esqueça de comprar a toquinha e entre fazendo um strip-tease ao som de Jingle-bells, tocado pela própria toca, claro, enquanto a coisa vermelha se contorce na sua cabeça. Será que vem com luzinha no pompom? Vai ser uma noite quente...

E de brinde a sétima, que não é natalina mas pode garantir um ano inteiro de bizarrice:


Peixe de um metro e meio cheio de gás hélio e dirigível por controle remoto. Como eu nunca pensei nisso antes!?!?!?! Já sei o que pedir pro Papai Noel...

3 comentários:

Nicole disse...

hahahahaha, adorei, Ivana!
E depois não se esqueça de fazer um post da sua (re)mudança para Berlim!

Beijinho e bom fim de semana,

Nicole

Domadora de Camaleões disse...

Já me doem os abdominais de tanto me rir. Genial Ivana.

Val Nobre disse...

Muito legal seu Blog! Parabéns

de volta à nave mãe - desde 2008 © Ivana Ebel