de volta à nave mãe: home
Home Home by Ivana Ebel Facebook Twitter E-Mail

menu

Estudar fora Sobre a Alemanha Viagens & turismo
Nonsense Receitas Jornalismo

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Receita fácil de feijoada completa passo-a-passo só com ingredientes encontrados na Alemanha e sem panela de pressão


Pronto. Você já está na Alemanha fazendo mestrado, intercâmbio ou seja lá por que motivo veio parar aqui. Agora está naquela fase de querer fazer uma comidinha brasileira pra impressionar a família hospedeira, a família da namorada ou mesmo pra matar as saudades de casa. E nada pode ser mais típico do que feijoada. Então, mãos a obra. Esse post é pra quem não entende nada de cozinha mas não quer fazer feio. Pra quem já sabe o básico, vale como inspiração. Então vamos ao passo a passo para uma receita bem simples. Você pode incrementar com outros tipos de salsichas ou carnes: o Blog Na Alemanha Tem, da Mel, tem dicas bem boas. Não deixe de ler antes de colocar a mão na massa. Mas só com a lista abaixo você não corre o risco de fazer feio.

Ingredientes para a feijoada (Para 5 pessoas)

2 linguiças Mettenden (vc encontra no setor de defumados do mercado)
e/ou
2 linguiças Cabanocci (que se parecem muito com Calabreza, também no setor de defumados)
2 pedaços de bacon (Bauchspeck, também nos defumados ou, em alguns mercados, nos frios)
600 gramas de Kassler (Pode ser sem osso ou Kasslerkotelet, que é a costelinha de porco defumada)
1 cebola média
5 dentes de alho
4 folhas de louro (Lorbeer, vc encontra no setor de temperos. Se quiser mais barato, compre no Ásia Market)
300 gramas de feijão preto (Esse da foto mais abaixo é do Ásia Market, mas também vende nas lojas de produtos biológicos. Caso não encontre de maneira alguma, compre feijão marronzinho, branco ou Kidney Bohne nos mercados normais. Só vai mudar a cor no final)

Preparo:

Na noite anterior, escolha e lave o feijão. Isso significa separar as sujeirinhas – pedrinhas ou grãos estragados que possam estar entre os bons (aqui na Alemanha geralmente não se acha resíduos). Coloque de molho em um pote de vidro ou plástico com cerca de 4 xícaras de água e deixe até o outro dia. Com esse processo, o feijão incha e fica mais mole para cozinhar. Caso você tenha esquecido de colocar de molho, não tem problema: só vai ter que deixar a sua feijoada por mais tempo no fogo.

Tenha em mente que o feijão vai levar cerca de 2h a 2h30 pra ficar pronto, caso você não tenha panela de pressão. Então, se programe para começar antes e não deixar seus convidados morrendo de fome!

Para iniciar o preparo, coloque um fio de óleo em uma panela grande (+ ou - duas colheres de sopa). Corte as cebolas e o alho em cubinhos bem pequenos e refogue. Corte o bacon em pedacinhos de cerca de 1 centímetro de espessura, como na foto e, quando a cebola e o alho estiverem começando a dourar, acrescente o bacon para dar uma fritadinha também. Junte as folhas de louro e vá mexendo pra não grudar. Coloque então o feijão escorrido (ou seja, sem a água que ele ficou de molho), um litro de água (fria ou quente, tanto faz!), mais ou menos e mexa pra que não grude no fundo. Deixe ferver.

Enquanto isso, corte as carnes e a linguiça em pedacinhos de aproximadamente 3 a 5 centímetros. Se você cortar muito pequeno, corre o risco de elas desmancharem e sumirem na feijoada. Coloque as carnes e a linguiça na feijoada e mexa novamente.

Atenção para um detalhe importante: NÃO coloque sal! As carnes já são salgadas e vão temperar a feijoada. Normalmente você não precisa acrescentar mais. No final, verifique o tempero para ver se está bom de sal e corrija se necessário.

Dica para cozinheiros de primeira viagem: Feijoada combina com pimenta, mas nem por isso você deve sair por ai temperando com vontade. A pimenta, quando cozida, tem seu sabor bastante intensificado: ou seja, fica mais forte. Para não errar, uma dica é fazer o feijão sem pimenta e comprar um molho pronto chamado Sambal. Vende em qualquer supermercado e combina perfeitamente com feijoada. Assim, cada um coloca o quanto preferir e você não corre o risco de errar a dose.

Depois de ter acrescentado as carnes, é só deixar a feijoada cozinhando semi-tampada em fogo médio/alto, dependendo da ´força´ do seu fogão. Se quiser, pode acrescentar salsinha, cebolinha, basilicum ou outro tempero ´secreto´ que aprendeu com alguém da família. Mexa a cada 15 minutos, mais ou menos, e coloque água sempre que estiver secando. Em pouco tempo, o cheirinho de feijoada vai tomar conta da sua casa. Para saber se está pronto, prove o grão do feijão, que deve estar macio e bem cozido.

Acompanhamentos:

Arroz:
São poucos os que não sabem prepara arroz. Para quem é leigo total na cozinha, sugiro que prepare arroz de saquinho (kochbeutel). Não tem erro. Dois saquinhos dão para 4 pessoas. Para 5, cozinhe 3 e terá uma sobra. Siga as instruções da caixinha, que são basicamente colocar os saquinhos por X minutos em água fervente com sal e depois escorrer (dentro do saquinho ainda) e abrir na hora de servir.

Farofa:



Eu faço uma farofa bem simples e que dura vários dias, portanto. Você encontra farinha de mandioca no mercado asiático. Se chama Kasava Mehl. Veja aqui no blog da Mel os detalhes. Eu acho a farinha daqui um pouco mais ´pesada´ que a brasileira e por isso faço uma mistura com farinha de rosca (Paniertmehl) – que é pão ralado, na verdade – para deixar mais leve. Uso 2 partes de farinha de mandioca para 1 de Paniertmehl.

Ingredientes:

2 xícaras de farinha de mandioca
1 xícara de farinha de rosca (Paniert Mehl)
1 cebola média
3 dentes de alho
Sal e pimenta branca ou preta a gosto.
3 colheres de manteiga ou margarina (não muito cheias)

Preparo:

Coloque a manteiga para derreter em uma panela ou frigideira. Cuide para q não queime. Corte a cebola e o alho bem fininhos e refogue na manteiga. Quando estiverem dourados, acrescente as farinhas (rosca e mandioca), o sal e a pimenta a gosto. Mexa bem para que fique uniforme e vá tostando por uns 10 minutos. Não pode parar de mexer se não a parte do fundo queima.

Couve



Não existe couve mineira na Alemanha. Mas existe uma substituta tão gostosa quanto e, que além de tudo, é de graça! São as folhas do Kohlrabi, conhecido como nabo de sopa em algumas regiões do Brasil. É esse cara ai da foto.


Vá no setor de verduras do seu mercado e pegue as folhas. Elas estão soltas na caixa junto com os nabos ou mesmo em uma caixa separada. Você só precisa recolher as que estiverem mais bonitas (inteiras e sem manchas amareladas) e mostrar na saída do caixa. Por aqui, essas folhas são comida para coelhos. Mas enfim, funcionam perfeitamente para acompanhar a feijoada.

Ingredientes:

25 folhas de Kohlrabi
1 caixinha de bacon picado (ou um pedaço de umas 100 gramas de bacon)
2 colheres de óleo

Preparo:

Lave muito bem as folhas, retire as partes amareladas e os talos mais grossos. Faça um rolo com as folhas – se não der para colocar todas juntas, faça em duas vezes – e corte a couve em tirinhas bem finas. Coloque as tirinhas em uma tigela ou bacia e jogue água fervendo sobre elas. Deixe de molho na água quente por cerca de 5 minutos. Repira a operação. Enquanto isso, em uma panela ou frigideira, coloque as duas colheres de óleo e frite o bacon picadinho. Quando o bacon estiver começando a dourar, escorra bem as folhas de Kohlrabi e refogue, mexendo sempre, por uns 5 a 7 minutos ou até que estejam tenras. Se preferir, adicione sal. Mas como o bacon já é salgado, geralmente não precisa. Pronto, é só servir como acompanhamento da feijoada.

17 comentários:

Laizamarea disse...

muuuuuuuuuuito importante esse post! =D

Ing. disse...

Feijoada, que saudade! Essa farofinha ta com uma cara ótima!!
eu também sempre acompanho as dicas da Mel. Vou fazer essa farofinha aqui pra comer com um churraquinhos! me deu água na boca!!

evinha disse...

Ahh... enfim encontrei uma receita de feijoada pra quem mora na Alemanha. Valeu!
Sou alema, mas morei no Brasil por mais que um ano e aprendi a gostar de feijoada.

Daniela disse...

Essas dicas de como fazer feijoada também sao otimas...Eu fiz e ficou uma delícia..Evana eu vi em um blog uma menina substituindo a carne seca por Geräucherter Schwartzwald Schinken....Olha fica quase 95% parecido....Quem sabe é legal pra quem nao encontra a original rsrsr..

Daniela disse...

Evana voce sabe como se chama couve congelada aqui na Alemanha?

Ah eu encontrei também cuminho que fica uma delícia dentro do feijao...Se chama cumin gehmalen...Ótimo e super baratinho..Comprei por 0,50 cents no Kaufland.

Cleo disse...

Presciso confessar:Nunca conseguir cozinhar o arroz de saquinho conforme sugere a embalagem,tenho q cumprir todo nosso ritual,rsrsrs...sei q já vem lavado,blá,blá,blá...enfim,nao adianta nao consigooo,por uma forca maior tenho q:tirar o arroz do saquinho, lavar, deixar escorrer,refoga o alho... pronto!Fica muito bom por sinal!

kreuzbooks disse...

Muito legal seu post. Bem explicadinho. Agora que está começando a voltar o frio na Alemanha vou me animar de finalmente fazer uma feijoada. Será minha primeira da vida, no Brasil tinha mãe pra fazer. abs Isabela

Marianna disse...

Sua receita esta aprovadissima! Pela simplicidade e sabor :-)
Que em 2013 vc conquiste tudo aquilo que o $ nao pode comprar :-)

LG aus Allgau,
Marianna

ladyflowers disse...

aah me salvou! muito bom e informações valiosas na parte das carnes e do louro! nuuuunca iria achar o louro e o couve sem este post!!

Moisés disse...

MEU DEEEEUS ... voce salvou a minha vida aqui na Alemanha! Morei tb em Berlin (2anos), Bremen (4anos) e agora moro em Hamburgo (1 ano).
Penso que tem muito o que vasculhar e ver as suas atualizacoes ... enfim, ja salvei seu Blog Liebe Evana :)

Muitíssimo obrigado pela iniciativa de elaborar esse Blog Fantástico!

Alles gute
Moises

Mirian disse...

oi Moises! eu tambem estou em Hamburg;e gostsria de fazer amizade,ja moro a algum tempo mais im Hamburg acabei de mudar,se alguem quizer fazer amizade e so me manda rum em-mail

Thaís Torazzi - Turazzi disse...

Tem a versão descrita em Alemão?

Ivana disse...

Eu nunca escrevi essa receita em alemão, mas aqui tem uma que pode ajudar... http://www.chefkoch.de/rezepte/1718501280554528/Feijoada-Brasileira.html

Thaís Torazzi - Turazzi disse...

rs, gracias!
Vou encaminhar para "germânicos" :)

Estevam José disse...

A dica da substituta da couve com as folhas do Kohlrabi é que é a melhor! Ótima observação!
A receita está muito boa!
Parabéns!

karolinefreitas disse...

Oi Ivana, o post é antigo mas salva vidas até hoje rs.
Suas dicas salvaram minha vida quando decidi preparar uma feijoada pra família que nos abrigou aqui na Alemanha pelo Couchsurfing.
Pena que não dá pra coloca a foto aqui.
Obrigada mesmo!

Janine Brunov disse...

ME SALVOU! Foi um dos blogs que salvou minha vida! Muito obrigada!!!!!

Coloquei as fotos da minha feijoada e o passo a passo no meu blog. Ah, e citei seu blog tb!

Bjsssssssss e muito obrigada!

de volta à nave mãe - desde 2008 © Ivana Ebel